pare e pense

Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 16 de junho de 2009

Uma das maiores coletêneas de Bíblias antigas! Um verdadeiro Tesouro!

Impressão da Companhia das Índias Orientais por Almeida, na Holanda - Novo Testamento de 1691 que teve diversas cópias queimadas.
Impressão de Almeida na Holanda - Novo Textamento de 1693.
A partir de 1693, os missionários dinamarqueses que estavam na Índia manifestaram interesse na impressão da Almeida - esta é a impressão dos dinamarqueses em Tramgbar na Índia - Novo Testamento de 1712.
Impressão dos dinamarqueses em Tramgbar na Índia - Pentateuco de 1719.
Impressão dos dinamarqueses em Tramgbar na Índia - Doze Profetas Maiores de 1732.
Impressão dos dinamarqueses em Tramgbar na Índia - Livros Históricos - 1738.
Impressão dos dinamarqueses em Tramgbar na Índia - Livros dogmáticos - 1744.
Impressão dos dinamarqueses em Tramgbar na Índia - Quatro Profetas Maiores - 1751.
Re-impressão do Novo Testamento pelos dinamarqueses em Tramgbar - 1765.
Nova Impressão do Novo Testamento pelos dinamarqueses em Tramgbar - 1773.
Os ingleses fizeram imprimiram o Novo Testamento de Hambling e Seyfang na própria Inglaterra, em 1813.
mpressão de R. e A. Taylor em Londres - versão completa de 1819.
Provavelmente, a partir daqui, as Almeidas tenham se tornado vítimas de introdução de Texto Crítico - Impressão da ABS em New York - Almeida Revista e Corrigida de 1899.
Impressão de Janellas Verdes em Lisboa - Almeida Revista e Corrigida de 1911.
Codex Sinaiticus - Uma das cópias mais antigas da Bíblia.
Uma das cópias mais antigas da Bíblia, descoberta no século 19 no Egito, está disponível na internet.Serão colocadas na rede partes do "Codex Sinaiticus", que contém o Novo Testamento mais velho e completo.- Imagens em alta resolução do evangelho de Marcos, diversos livros do Velho Testamento e observações dos trabalhos feitos ao longo de séculos estarão no site www.codex-sinaiticus.net, no primeiro passo para a publicação, na rede, do integral do manuscrito, até julho de 2009.- Ulrich Johannes Schneider, diretor da Biblioteca da Universidade de Leipzig, afirma que a publicação do Codex permitirá que qualquer um estude uma peça "fundamental" para os cristãos. Alguns textos estarão disponíveis com traduções em inglês e alemão. Especialistas afirmam que o documento, datado de aproximadamente do ano 350 DC, possa ser a cópia mais antiga conhecida da Bíblia, junto com o Codex Vaticanus, outra versão antiga da Bíblia.- Acredita-se que o "Codex Sinaiticus", escrito em grego arcaico, seja uma das 50 cópias das escrituras encomendadas pelo imperador romano Constantino depois que ele se converteu ao cristianismo.- O "Codex Sinaiticus" contém algumas passagens do Antigo Testamento e todas as do Novo Testamento. Ele foi escrito no mosteiro de Santa Catarina, perto do monte Sinai, no Egito.- O documento ficou no local até metade do século 19, quando um estudioso alemão, Constantin von Tischendorf, levou partes do manuscrito para a Alemanha e para a Rússia. O monastério considera que o Codex foi roubado.- A Bíblia agora está dividida em quatro partes. A maior delas está na Biblioteca Britânica, em Londres. As outras estão na biblioteca da Universidade de Leipzig (Alemanha), na biblioteca nacional da Rússia, em São Petersburgo e no próprio monastério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário